JÁ TEM O SEU YELLOW CARD?

SIGA-NOS

ENTREGAS GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL PARA COMPRAS ACIMA DE 30€ (COMPRAS ATÉ 5KG)

Check-up: com que periodicidade deve ser feito?

Comece 2024 a cuidar da sua saúde. Numa rotina agitada, é fácil negligenciar a saúde até sentir algum desconforto, dor ou sintoma. A realização de um check-up regular desempenha um papel fundamental na prevenção de doenças e na garantia do bem-estar geral. Mas, com que frequência deve realizar um check-up médico e que exames deve incluir? Respondemos a tudo neste artigo.

O que é um check-up médico?

Um check-up médico é uma avaliação médica preventiva completa realizada regularmente para avaliar e analisar o seu estado de saúde geral. Através de um check-up é possível detetar e despistar possíveis doenças e problemas de saúde, bem como avaliar o risco de adquirir as mesmas, de acordo com as características e especificidades de cada organismo.

A realização de exames regulares também permite construir um registo médico importante para acompanhar o estado da sua saúde.

Estas consultas avaliam a sua saúde geral, identificam possíveis problemas de saúde, previnem doenças e promovem um estilo de vida saudável.

O que inclui um check-up?

Os check-ups geralmente incluem os seguintes componentes:

  1. Anamnese: é uma entrevista realizada pelo profissional de saúde ao seu doente para perceber a sua história médica, estilo de vida, hábitos alimentares, prática de exercício físico, histórico familiar e medicamentos em uso, assim como preocupações específicas;
  2. Exame físico: realização de um exame físico que pode incluir medição da pressão arterial, frequência cardíaca, auscultação cardíaca e pulmonar, exame visual, palpação abdominal, entre outros;
  3. Exames laboratoriais de rotina, como exames de sangue (hemograma completo, perfil lipídico, glicemia, função renal, função hepática, entre outros) e análise de urina para deteção de possíveis infeções, presença de sangue, proteínas, entre outros indicadores;
  4. Exames específicos que variam de acordo com a idade, sexo e fatores de risco individuais, como por exemplo exame oftalmológico ou dermatológico, mamografia, citologia (Papanicolau), densitometria óssea, Doseamento do Antigénio específico da Próstata (PSA), endoscopia ou colonoscopia;
  5. Atualização de vacinas caso exista necessidade.

Caso seja necessário, o médico encaminha o paciente para outras especialidades médicas, no sentido de aprofundar os resultados iniciais dos exames e das análises.

Quais as vantagens do check-up médico?

Um check-up médico abrangente permite identificar problemas de saúde antes que estes se tornem mais graves, ou até mesmo evitar que estes ocorram. As consultas preventivas são fundamentais para monitorizar a saúde e avaliar fatores específicos com base na idade, histórico médico pessoal ou familiar, estilo de vida e outros elementos.

Assim, através de um check-up é possível:

  1. Identificar problemas de saúde (alguns assintomáticos) antes que se tornem mais graves, o que permite o tratamento precoce dos mesmos, aumenta as possibilidades de recuperação e reduz complicações futuras;
  2. Monitorizar doenças crónicas, como diabetes, hipertensão, dislipidemias, doenças cardíacas, asma e doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), entre outros;
  3. Manter a saúde: os check-ups oferecem uma visão holística da sua saúde, permitindo avaliar a presença de doenças, mas também o estado geral do organismo, incluindo níveis de nutrientes, função orgânica e bem-estar emocional;
  4. Obter orientações personalizadas para melhorar a saúde, como mudanças na dieta, prática de exercício físico ou abandono de hábitos prejudiciais;

Quais os fatores a considerar na realização de um check-up?

Ao planear a realização de um check-up há diversos fatores que devem ser considerados para garantir uma avaliação abrangente e personalizada da sua saúde. É fundamental analisar a idade e os diferentes estágios da vida, o histórico médico e os fatores de risco, bem como o estilo de vida e hábitos de saúde.

Por exemplo, no caso de crianças e adolescentes, os check-ups regulares são importantes para monitorizar o crescimento, desenvolvimento e vacinação, mas também para avaliar marcos de desenvolvimento, saúde mental e possíveis problemas de dentição. Já no caso dos idosos, os check-ups têm como foco os problemas de saúde relacionados com a idade, como osteoporose, declínio cognitivo, prevenção de quedas, controlo de patologias crónicas e avaliação da funcionalidade geral.

Há também que considerar o histórico médico e os fatores de risco. Problemas de saúde pré-existentes e histórico familiar de doenças podem determinar a necessidade de exames específicos.

Por fim, enquanto hábitos saudáveis podem reduzir a necessidade de check-ups frequentes, hábitos prejudiciais, prejudiciais, como o sedentarismo, tabagismo, consumo excessivo de álcool, sal, açúcares e alimentos processados, aumentam a necessidade de monitorização.

Qual a periodicidade recomendada dos check-ups?

De acordo com a Ordem dos Médicos, não é necessária a realização de check-ups anuais a adultos assintomáticos, sem fatores de risco e sem problemas de saúde diagnosticados. A decisão de se efetuarem testes laboratoriais de rastreio, assim como a escolha dos testes a fazer deve ser baseada nos seguintes fatores:

- Idade

- Sexo

- História pessoal e de saúde

- Histórico familiar

- Condições ambientais

- Hábitos de vida: alimentação, exercício físico, consumo de álcool e/ou tabaco, sedentarismo, etc.

 

Portanto, o mais importante é ter uma conversa com um profissional de saúde para ajudar a estabelecer um plano de check-ups adaptado às suas necessidades individuais.

Lembre-se: a prevenção é o melhor remédio!

Investir na saúde através dos check-ups regulares é fundamental para prevenir doenças e manter um estilo de vida saudável. Comece o ano de 2024 a consultar um profissional de saúde para obter orientações personalizadas.

Se tiver mais dúvidas sobre a importância dos check-ups regulares ou precisar de informações sobre cuidados preventivos, não hesite em contactar a nossa equipa.

Farmácia Varela, onde cuidar é diferente de tratar.

Partilhar:

  • m5.jpg
  • m7.jpg
  • m9.jpg
  • caudalie.png
  • m16.png
  • m25.jpg
  • m26.jpg
  • m29.jpg
  • m38.jpg
  • m39.jpg
  • nuk-logo.png
  • m53.jpg
  • m59.jpg
  • m68.jpg
  • uriage-logo.png
  • m106.jpg
  • m141.jpg
  • m164.jpg
  • dr.-browns-logo.png
  • mustela-logo.png
  • m249.jpg
  • cerave-logo.png
  • uriage-bebe-logo.png
  • philips-avent-logo.png
  • m2.jpg
  • logo.png
  • minikoioi-logo.png
  • bibs-logo.jpg

Autorizada a disponibilizar Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica através da Internet pelo INFARMED, I.P.

Medicamentos | Se na sua receita tiver MSRM, MNSRM ou Medicamentos Manipulados, estes só podem ser entregues nos seguintes concelhos: Azambuja, Alenquer, Vila Franca de Xira e Arruda dos Vinhos.

Livro de Elogios Livro de Reclamações